sexta-feira, 30 de abril de 2010

Gestar... será coisa de gravidez?

Gestar! Palavra maravilhosa essa! De fato, de imediato nos leva a pensar em gestação, bebês, grávidas, barrigas redondas e enjôos.

Mas afinal, é só isso que gestar significa? Pra mim, não!

Enxergo gestar como produzir algo, elaborar, cuidar. Acho mesmo que é um momento iluminado na vida de qualquer ser humano. Pois afinal, qualquer projeto que deseje gestar envolverá que se dê por completo a ele, que se dedique, que se empenhe pra que seja o seu melhor.

Dar o melhor de si implica em se envolver plenamente com o que decidir desenvolver, física e emocionalmente. Dizem que a gestação em si, de um bebê mesmo, implica em uma gangorra de emoções, mudanças bruscas de humor e de sentimentos. Mas afinal, envolver-se em outras situações também não trazem essa mesma gangorra de emoções? Então os homens nunca têm mudanças bruscas de sentimentos?

Ora convenhamos, somos HUMANOS e isso sempre implica em complexidade de sensações e emoções. Em qualquer que seja o estagio e o momento da vida.

Acredito que justamente por isso é necessário se doar com mais intensidade pra tudo que achar ter valor. Viver emoções de forma intensa nos deixa mais apaixonados pela vida, mais empolgados em gestar seja o que for.

Sentimentos como medo, raiva e amor caminham juntos o tempo todo, e em especial quando decidimos gestar algo. Pois todos eles nos trazem a certeza que tudo que queremos conquistar depende mais de nós mesmos e de nosso empenho do que coisas jogadas ao acaso. Claro que sempre há o risco! Risco de se frustrar, risco de dar tudo errado, risco de decidir que não quer mais, risco de se surpreender com sua capacidade, risco de se satisfazer com o que está fazendo, risco de dar certo!!

Enfim, gestar pra mim significa dar vida a algo, e oferecer vida a algo implica em colocar-se sentimentalmente, ou seja, doar um pouco mais de você naquilo que está mesmo fazendo, dar a sua aparência e as suas melhores características. Não usar apenas o seu lado mais racional e certinho, mas sim dedicar sua essência com seus defeitos e qualidades. Jogar-se por completo!

Dedicar-se e poder ter esse momento de “gestação” não é algo possível pra qualquer um, mas apenas pra pessoas que de fato estão prontas pra isso, mesmo que não se acreditem prontas.

Nada na vida acontece por acaso, e por isso só nos deixamos envolver, mesmo que inconscientemente, por situações as quais temos condições de enfrentar...

Por isso pense mesmo em gestar... o que achar que lhe convém... seja um bebê, seja um projeto profissional, seja seu casamento... enfim, aquilo que lhe der prazer!! Pois só pessoas iluminadas podem se dar a esse direito!!

2 comentários:

  1. Eu sou do tempo em que gestar era apenas esperar algum tempo para parir rs rs rs... tudo bem usado desta maneira é muito melhor porque nos poupa muito tempo de choro nas madrugadas e muita troca de fralda. brincadeirinha rs.rs.rs...Gostei muito da forma sensata e clara que voce espoe suas idéias e fico muito feliz em saber que voce decidiu dividir esse dom com seus amigos. parabens.

    ResponderExcluir
  2. Então: VOCÊ TEM IDÉIA DO QUE É GESTAR UM CASAMENTO TÃO RÁPIDO? É ISSO: MINUSCULO! RS. SHOW DE BOLA!

    ResponderExcluir

Obrigada por me deixar seu recado!!